CDL ACIBOM / Notícias / Artigos

Erro na Linha: #49 :: Undefined offset: 0
/home/cdlacibo/public_html/themes/cdlacibom/artigos.php
Erro na Linha: #49 :: Undefined offset: 0
/home/cdlacibo/public_html/themes/cdlacibom/artigos.php

Por que é importante incentivar a liderança na juventude?!

Por Dia em Artigos

Frases como “o jovem é a esperança do Brasil” ou “a juventude é o futuro da nação” são repetidas, desde sempre, exaustivamente. Porém, muito se cobra do jovens e pouco se faz para efetivamente guiá-los rumo ao processo de assumirem um papel de liderança na juventude.

Esqueça essa história de que o líder nasce pronto. É preciso criar formas de incentivar os jovens a assumir o protagonismo em seus setores de atuação. Afinal, apesar de um clichê, eles realmente são parte fundamental nas transformações que o país precisa. Seja na política, no empreendedorismo ou em qualquer outro setor, é preciso desenvolver a capacidade de gestão do indivíduo com estímulos e prática.

Introduzir essa mentalidade no jovem o torna mais propício a assumir uma posição de liderança para que ele possa então transformar sua área de atuação.

Como motivar jovens a se tornarem líderes?

Um líder completo requer habilidades sociais e emocionais bem desenvolvidas para conseguir se relacionar com todos, ser capacitado para tomar de decisões coerentes e dotado de uma percepção crítica para analisar melhor as situações e planejar os próximos passos rumo ao sucesso.

Desenvolver características tão específicas e complexas não acontece da noite para o dia. A orientação para criar um jovem líder deve começar o quanto antes. Incentivar crianças a hábitos como leitura, escrita, retórica e estratégia – com um jogo de xadrez, por exemplo – pode ser um primeiro passo para aguçar o senso de liderança que existe nela.

Porém, caso não seja possível, sempre há tempo para incentivar um jovem à liderança. Existem palestras, cursos, e outras diversas práticas para prepará-lo. 

Como isso pode influenciar positivamente no varejo?

O mercado não para de mudar e o consumidor está cada vez mais exigente. Ter um olhar renovado para se manter competitivo pode ser o diferencial entre o sucesso e o fracasso do empreendedor.

Além disso, sucessão é muitas vezes o que falta para manter um negócio já consolidado vivo. Por falta de capacitação para assumir a empresa familiar, muitos jovens acabam a levando a falência. Por isso, desenvolver líderes é também uma questão de sobrevivência.  Ou seja, para ser o futuro, o jovem precisa ser o foco no presente.

Adaptado de: FCDL-MG

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Menor de idade pode ser incluso no SPC, em compras sem autorização do responsável?

Por Gabriel Philipe Dia em Artigos

Nesse caso, quando o menor completar a maioridade (18 anos, regra geral), ele não poderá ser registrado no SPC, pois quando praticou o ato (comprar e assinar a nota promissória, por exemplo) não possuía capacidade civil plena para exercer aquele ato, devendo ter sido assistido (entre 16 a 18 anos) ou representado (menor de 16 anos) por seus responsáveis legais.

A emancipação é um dos casos de capacidade civil absoluta e é feita por pedido dos responsáveis legais ou por ordem judicial. Ocorre quando há economia própria (CTPS assinada por empregador, emprego público efetivo, colação de grau em ensino superior). Nesses casos, poderá ser incluído no SPC.

FONTE: FCDL-MG 

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

EVITE MULTAS: Sindicato firma acordo coletivo para funcionamento do comércio durante o Natal

Por Gabriel Philipe Dia em Artigos

Em decorrência de Acordo Coletivo de Trabalho firmado entre o Sindicato dos Empregados no Comércio Varejista e Atacadista de Divinópolis e Região Centro-Oeste e Associação Empresarial de Bom Despacho, informamos aos interessados os termos desse, e recomendamos o seu fiel cumprimento.

Clique aqui para ver o acordo!

Dúvidas e maiores informações, entre em contato.

(37) 3522-5001 - Viviane

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
Erro na Linha: #49 :: Undefined offset: 0
/home/cdlacibo/public_html/themes/cdlacibom/artigos.php
Erro na Linha: #49 :: Undefined offset: 0
/home/cdlacibo/public_html/themes/cdlacibom/artigos.php

5 perguntas e respostas sobre microempreendedor individual (MEI)?

Por Dia em Artigos

O Brasil já soma mais de 7 milhões de microempreendedores, e, por ser uma modalidade recente (criada em 2009), muitas perguntam giram em torno dela. Pensando nisso, nós viemos responder algumas das dúvidas mais comuns, veja:

1) Quem pode ser MEI?
Para um empreendedor se tornar MEI, ele precisa cumprir alguns critérios. O primeiro é o limite de faturamento da empresa, que pode ser no máximo de R$ 60 mil. A pessoa também não pode ser sócia de nenhuma companhia, nem que ela esteja inativa. Além disso, não é permitido ter sócios e é preciso exercer uma das 500 atividades previstas no Portal do Empreendedor.

2) O empreendedor pode se formalizar sozinho?
Sim. O próprio empreendedor pode se formalizar pela internet, também no Portal do Empreendedor. Mas, antes de abrir a empresa, confira as regras na prefeitura. É o município que regulamenta cada atuação e é preciso verificar se sua atividade pode ser praticada no bairro que gostaria.

3) Quais são as obrigações do MEI?
O MEI é uma figura tributária e individual criada para facilitar a formalização do empreendedor que trabalhava na informalidade. Basicamente, o MEI tem hoje duas obrigações: pagar mensalmente os tributos da guia DAS e, depois de um ano de exercício, fazer a declaração anual de rendimentos.

4) MEI tem que declarar imposto de renda?
Depende. O lucro que o microempreendedor tem no negócio pode ser somado a outros ganhos que ele tenha como pessoa física, caso trabalhe em outra atividade que gere lucro. Por isso depende de cada caso, mas o MEI, como pessoa física, não fica necessariamente isento do imposto de renda.

 5) Qual a diferença entre MEI e ME (microempresa)?
Essa questão é ligada diretamente ao faturamento. O MEI pode faturar até R$ 60 mil no ano, de forma proporcional — o que dá, em média, R$ 5 mil por mês. Se esse limite for ultrapassado, a empresa passa a se enquadrar como ME automaticamente.

Matéria adaptada de FCDL-MG

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

5 estratégias para impulsionar o Dia dos Pais

Por Gabriel Philipe Dia em Artigos

Os benefícios das datas comemorativas para o varejo não ficam apenas na esfera das vendas. Se bem aproveitadas, ocasiões como Dia das Mães, Natal, Páscoa e tantas outras podem contribuir também para o fortalecimento e expansão da sua marca, para a melhora no índice de clientes fiéis e até mesmo para estabelecer sua empresa ou entidade como referências na sua região.

Porém, para que isso seja possível, é preciso desenvolver estratégias que sejam realmente efetivas. E é isso o que a gente vai te ajudar a fazer hoje!

1) ESTABELEÇA PARCERIAS

Como diz o ditado, “uma andorinha só não faz verão”. Principalmente nos municípios de menor porte as parcerias com demais comerciantes podem ser extremamente bem-sucedidas. Exemplo: se a sua loja vende camisas, experimente fazer uma parceria com a loja de doces e oferecer as guloseimas como brindes na compra dos seus produtos! Parcerias agregam valor a ambos os produtos e fortalecem ambos os negócios!

2) QUEBRE PARADIGMAS

Meia, gravata e chinelo são velhos conhecidos como “presente de pai”, certo? Então, que tal usar a criatividade para chamar a atenção dos clientes usando esse costume? Para isso, sua loja pode criar uma promoção em que o cliente leva de brinde um desses itens mais “tradicionais” na compra de um presente mais “descolado”. Ou utilizar uma embalagem que faça referência a esses presentes tradicionais para ser ainda mais surpreendente!

3) REFORCE O RELACIONAMENTO

Concursos são excelentes formas de promover o engajamento entre o público e sua marca. No varejo, esse tipo de ação é muito comum – especialmente em datas comemorativas. Concursos de fotografias com os pais/figuras paternas onde as imagens são publicadas nas redes sociais são ótimos! Existem também os concursos de poesias, de frases, e por aí vai. Basta deixar a criatividade voar!

4) AJUDE SEU CLIENTE A ESCOLHER

Escolher um produto para si mesmo já é uma tarefa difícil, imagina escolher para alguém que a gente ama tanto? Ajude o seu cliente! Monte kits temáticos, divida seus produtos por categorias (tecnológicos, caseiros, viajantes, etc). Além de vender mais produtos de uma só vez, você associa um produto a uma característica do paizão e facilita a escolha do cliente!

5) DE OLHO NO PÓS-VENDAS

O sonho de todo lojista é manter os clientes comprando com ele por muitos e muitos anos e, para isso, é preciso estabelecer um relacionamento duradouro com eles. Nada melhor que dar a devida atenção ao cliente no pós-venda. Ligar, saber se o presente agradou, oferecer um cartão e outras atitudes simples podem elevar a sua empresa e transformar o cliente em um verdadeiro embaixador da sua marca!

Essas dicas são válidas não só no Dia dos Pais mas também em várias datas comemorativas. Então, é hora de sacudir a poeira e botar as mãos na massa!

FONTE: FCDL-MG

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Presidente da CDL ACIBOM assinam contrato para manutenção do SINE

Por Gabriel Philipe Dia em Artigos

Na sexta-feira (09/06), o Presidente da CDL ACIBOM e o Prefeito de Bom Despacho, Fernando Cabral, assinaram um convênio de parceria para manutenção dos serviços do SINE - Sistema Nacional de Emprego.

"O Sine Bom Despacho tem trazido inúmeras facilidades para todos, tanto para divulgação de vagas, novas oportunidades de emprego bem como para dar entrada no seguro desemprego. Com 7600 atendimentos aos trabalhadores no ano de 2016, sem a parceria com o Município de Bom Despacho não seria possível chegarmos a números tão altos", afirma o presidente da CDL ACIBOM, Mozart Lúcio Costa.

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Cadastre-se e descubra todas as vantagens de ser um dos nossos associados!

Nós também odiamos spam!