CDL ACIBOM / Dicas / 5 estratégias de marketing para pequenas empresas e entidades

5 estratégias de marketing para pequenas empresas e entidades

O marketing digital está presente na vida de qualquer pessoa que hoje tenha acesso à internet. Hoje em dia o marketing digital pode ser utilizado por qualquer um. Não importa o tamanho do seu empreendimento, basta saber como se adaptar às melhores ferramentas.

Por CDL ACIBOM Dia em Dicas

5 estratégias de marketing para pequenas empresas e entidades

O marketing digital está presente na vida de qualquer pessoa que hoje tenha acesso à internet. Antes adotado apenas por empresas de grande porte — graças aos custos elevados de se manter online há alguns anos —, hoje em dia o marketing digital pode ser utilizado por qualquer um. Não importa o tamanho do seu empreendimento, basta saber como se adaptar às melhores ferramentas. Aliás, segundo estatísticas, o marketing digital chega a ser 62% mais econômico que o tradicional e gera até quatro vezes mais resultados. Como escolher estratégias de marketing digital ainda é um pouco difícil para quem ainda não está totalmente familiarizado com o assunto, separamos 5 dicas que podem se adequar à realidade das pequenas empresas e aumentar o fluxo de vendas destas. 

 1) Redes sociais

Muitas pessoas pensam que o investimento inicial para estruturar uma página em determinada rede social é muito alto e foge dos limites orçamentários de empresas de pequeno porte. Na verdade, estabelecer sua presença em uma rede social possui custo inicial bem próximo de zero e requer uma pequena dedicação de tempo por parte de quem vai administrar a rede.

A manutenção desses perfis é que pode se tornar mais custosa com o tempo, mas é sempre possível adequar tudo ao seu orçamento. Se a sua presença digital já está ficando mais relevante e tomando o seu tempo como gestor (que deve focar em outras atividades), entenda que essa é uma boa hora para contratar um profissional para cuidar disso.

 2) Site e blog

Diferente das redes sociais, a criação de um site e de um blog exige um certo investimento inicial, mas que, com certeza, será recompensado. Estabelecer uma plataforma própria para a divulgação dos seus serviços e conteúdo é uma maneira de melhorar a reputação da sua marca e fidelizar clientes.

Além disso, a possibilidade de customizar totalmente essas ferramentas — o que você não pode fazer em uma rede social, por exemplo — é um diferencial de encher os olhos, pode confiar.

 3) E-mail marketing


O e-mail marketing é uma ferramenta de marketing digital que até hoje dá resultados incríveis e é bastante econômica. Campanhas bem feitas podem aumentar o fluxo de vendas e ainda atrair novos clientes.

No entanto, cuidado, existem algumas boas práticas que não devem ser ignoradas. Busque oferecer conteúdo relevante para os leads e enviar seus e-mails apenas para pessoas que autorizaram o seu contato. Para fazer isso é preciso trabalhar com uma lista de clientes que tenha demonstrado sinais de que realmente quer receber o seu conteúdo.

 4) Conteúdo relevante e direcionado ao seu público

O marketing de conteúdo é definido como uma técnica que consiste em criar e distribuir conteúdo para atrair, envolver e conquistar o público-alvo do seu negócio. Exemplificando: você não vai mais até o seu cliente e, em vez disso, se prepara para atender as suas primeiras dúvidas, com o objetivo de que ele sempre venha até você como possível solucionador de problemas.

Uma pesquisa apontou que 90% dos consumidores começa uma compra ou contratação de serviços a partir de uma busca na internet e que esta tem se consolidado como aspecto decisivo no momento de escolher o melhor fornecedor.

Em suma, tirar dúvidas e solucionar problemas antes que o cliente tenha conhecimento do seu produto é uma boa estratégia para que, no momento da compra, a sua marca esteja no topo da lista de geradores de soluções. Plataformas como sites e blogs são excelentes para esse tipo de estratégia.

 5) Anúncios patrocinados no Google

No Google existem duas formas de anunciar: a rede de pesquisa e a rede de display. A rede de pesquisa é formada por sites ou aplicativos que estão relacionados à busca realizada. Quando se faz a opção de anunciar nesta rede, o seu anúncio deve ser exibido ao lado dos resultados de pesquisa quando um termo relacionado é buscado.

A rede de display, por sua vez, é formada por sites do próprio Google (como Youtube, Gmail, etc) ou parceiros como G1 e outros figurões da internet. Nela os anúncios são exibidos nas páginas que se relacionam com o seu produto ou serviço.

Seu anúncio pode ser em texto, imagens ou até em pequenos vídeos, que serão exibidos no topo, na barra lateral ou no rodapé dessas grandes páginas — o que é muito bom porque o número de acessos diários a elas é grande, portanto, sua visibilidade será proporcional.

 Como saber quais são as melhores estratégias de marketing digital?

Agora que você conhece algumas das estratégias que geram bons resultados, é preciso decidir qual (ou quais) utilizar. É importante avaliar onde está o seu público, antes de mais nada. Adianta muito pouco investir em uma rede social se o seu público não está presente ali, certo? Entenda que a sua audiência tem um determinado tom de voz e consegue absorver melhor as suas informações se você se comunicar da mesma forma. Objetivos, metas e prioridades devem ser definidos para determinar qual a melhor estratégia a ser seguida e, então, a sua empresa poderá traçar um planejamento para alcançá-los.

A eficiência do marketing está no planejamento, na boa execução deste e, principalmente, na medição dos resultados. Todas as suas ações vão gerar uma infinidade de dados que podem ou não ser relevantes para a estratégia. No fundo, tudo o que você quer saber é se sua campanha está dando certo, não é? Para isso, analise as variáveis que influenciam diretamente no seu objetivo. Só depois de analisar os resultados e entender como cada ação foi recebida pelo público é que você vai conseguir definir o que funciona e o que não funciona em uma estratégia, o que é essencial para continuar trabalhando ou quando é a hora de buscar novas abordagens.

Não se esqueça de que as ações devem ser pautadas pelas particularidades do seu público e do seu negócio e, a partir daí, coloque a mão na massa!

Fonte: FCDL-MG

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Olá, deixe seu comentário para 5 estratégias de marketing para pequenas empresas e entidades

Enviando Comentário Fechar :/

Cadastre-se e descubra todas as vantagens de ser um dos nossos associados!

Nós também odiamos spam!